“Não vale de nada crescer em riqueza se não atentarmos na dignidade humana”

Protocolo entre o Município de Óbidos e a Associação Dignitude

310

Foi celebrado, no passado dia 27 de Abril, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, um protocolo entre o Município de Óbidos e a Associação Dignitude, com vista a apoiar a 100 por cento medicamentos prescritos pelo médico e comparticipados pelo Serviço Nacional de Saúde a famílias carenciadas do concelho. Neste programa abem: poderão ser beneficiários todos os agregados familiares em comprovada situação de carência económica, residentes e recenseados no concelho há pelo menos 12 meses. Os munícipes que cumpram os requisitos terão assegurada a comparticipação a 100 por cento dos medicamentos, mediante prescrição/receita médica.

Humberto Marques garantiu que “não vale de nada crescer em riqueza se não atentarmos na dignidade humana”. O presidente da Câmara Municipal explicou que Óbidos tinha já um programa de apoio ao medicamento, mas direcionado para pessoas carenciadas acima dos 65 anos. “Estou em crer que, com este novo programa, vamos ter muitas condições para chegar ao grande objetivo que é de, no final do ano, abrangermos as 200 famílias”, afirmou. Humberto Marques assegurou ainda que “há uma obsessão muito grande [por parte do executivo] para criar riqueza, mas não é um fim em si mesmo, porque fazemo-lo para distribuir”. “E exemplo disso são os 63 por cento do orçamento municipal que são para a área social”, concluiu.

Segundo Eugénio Fonseca, presidente da Cáritas, “a maior riqueza são as pessoas e esse cuidado está expresso pelo trabalho social feito pelo Município de Óbidos”. Com vários programas sociais no terreno, o responsável entende que “não há ninguém que fique de fora”, uma vez que são programas que abrangem todas as áreas sociais e escalões etários.

O presidente da Cáritas explica que o programa abem: tem como objetivo “assegurar que os nossos concidadãos tenham acesso ao medicamento, mas com mais dignidade”, uma vez que é utilizado “um cartão”, respeitando, desta forma, a identidade dos beneficiários.

Recorde-se que a associação Dignitude é uma instituição particular de solidariedade social que tem por missão o desenvolvimento de programas solidários de grande impacto social, que promovam a qualidade de vida e o bem-estar dos portugueses. O abem: é o primeiro programa solidário da Associação Dignitude, que nasce da parceria entre o Setor Social – Cáritas Portuguesa e Plataforma Saúde em Diálogo e o Setor da Saúde – Associação Nacional das Farmácias e Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica.

Press Release (pdf)