10.ª Edição do Trail Noturno da Lagoa de Óbidos junta 710 atletas

11 de Agosto

270

O 10º Trail Noturno da Lagoa de Óbidos realizou-se na tarde e noite de 11 de agosto, onde estiveram 710 atletas e caminheiros que percorreram os trilhos do concelho de Óbidos, estando presentes representantes de 10 nacionalidades, assim distribuídos: 105 caminheiros, 411 atletas na distância de 23 km e 194 na distância de 43 km.

A organização da prova foi da responsabilidade do Clube de Atletismo de Óbidos, com o apoio da Câmara Municipal de Óbidos e a colaboração de dezenas de voluntários. Foi uma prova noturna, mas que teve a sua partida ainda de dia, num percurso circular, com partida e chegada dentro das muralhas da vila. Saindo de Óbidos, o percurso atravessou montes e florestas por trilhos e caminhos rurais, regressando às muralhas.

O Trail foi composto por duas provas competitivas, uma de 43 km e outra de 23 e uma caminhada de 10 km.

Nos 43km completaram a prova 153 atletas que fizeram um percurso partindo de Óbidos, passando por A-dos-Negros, Gracieira, Casais Brancos, Pinhal de Óbidos, Sobral da Lagoa, Vau, Arelho e terminando no local da partida. Foi vencedor Guilherme Lourenço, do CRP Ribafria, com 3h 47m 26s. O 2º classificado foi o veterano Vitor Cordeiro, da equipa Viana Trail, com o tempo de 4.09.04. Filipe Pinheiro, da equipa “Go Runners”, foi 3º com 4.16.18. Em senhoras a vitória foi para a madeirense Maria Abreu, que demorou 5.40.03, seguida de Paula Penedo, do Arrábida Trail, com 5.40.30 e de Cláudia Medeiros, com 5.50.49.

A prova dos 23 km utilizou a primeira metade do percurso da prova grande e teve, como vencedor, Philippe Gillen, com 1h.54m.10s, seguido de Fábio Fontoura (1.54.42) e Carlos Bárbara (1.54.44). Em femininos ganhou Vanda Jerónimo, do Burinhosa, com 2.26.07. Em 2ª ficou Lina Marques, do CLAC Entroncamento (2.34.39) e em 3º lugar Filipa Casimiro, do A.C.S.Mamede (2.37.44). Concluíram esta prova 361 atletas, sendo 82 senhoras, entre elas várias caldenses e obidenses.

Por equipas, no Trail maior, a 1ª foi a “Associação do Bairro Cansado”, a 2ª a “Casa Jovase” e a 3ª a equipa caldense “Não fazemos nem mais um… km”. No Trail pequeno, venceu a “A.C.S. Mamede”, seguida da “Burinhosa” e do “Ama-dores Trail Team”.

Os organizadores pensam dar por encerrada esta sucessão de trails, que tanto êxito teve ao pôr milhares de atletas a correr, sentindo experiências únicas, criando grande espírito de solidariedade e amizades duradouras. De notar que um mandamento do trail é nunca deixar sozinho um adversário que tenha tido uma dificuldade maior.

Nas cabeças dos organizadores começam a ser idealizados novos projetos, pois não querem perder as aprendizagens conseguidas. Essa boa escola vai continuar ao serviço de todos os amigos do TNLO, e do trail, com a presença da marca Óbidos.