Associação Geoparque Oeste quer divulgar património geológico da região

AGEO já foi registada

265

No passado dia 27 de setembro, foi registada a AGEO – Associação Geoparque Oeste, tendo como fundadores o Grupo de Etnologia e Arqueologia da Lourinhã, a Sociedade de História de Torres Vedras, a Universidade Nova de Lisboa, bem como outros signatários a título individual.

Esta associação de direito privado sem fins lucrativos, será a entidade responsável por dinamizar o processo de desenvolvimento da candidatura do aspiring Geoparque Oeste, a geoparque mundial da UNESCO.

Deste modo, tem como objeto a preservação, conservação, valorização, divulgação e dinamização do património natural e cultural, com especial ênfase no património geológico, numa perspetiva de aprofundamento e divulgação do conhecimento científico, fomentando a educação, o turismo e o desenvolvimento sustentável das populações e do território.

O projeto aspiring Geoparque Oeste, envolve o território dos municípios de Bombarral, Lourinhã, Óbidos, Peniche e Torres Vedras, e conta com a participação ativa do Grupo de Etnologia e Arqueologia da Lourinhã, da Sociedade de História Natural de Torres Vedras e da Universidade Nova de Lisboa. Este pretende ser um projeto agregador da identidade destes territórios, sendo que até ao final do ano serão divulgadas as principais iniciativas a implementar em 2019.