Infraestruturas de Portugal prevê iniciar obras no IP6 no início de 2019

A obra deverá estar concluída no último trimestre de 2019

102

A Infraestruturas de Portugal anunciou que estima arrancar com a obra de reparação do IP6, na zona do viaduto do Olho Marinho, concelho de Óbidos, no início de 2019. Esta intervenção, que visa a reparação de fendas, tem o custo estimado de três milhões de euros e um prazo de execução de 210 dias, ou seja, a obra deverá estar concluída no último trimestre de 2019.

Depois das chamadas de atenção de condutores e das autarquias abrangidas pelo troço, que liga Óbidos a Peniche, a Infraestruturas de Portugal afirma que estão a ser desenvolvidos os procedimentos previstos no âmbito do Código de Contratação Pública, tendo em vista a adjudicação da empreitada de estabilização da plataforma rodoviária no IP6.

As anomalias no troço do IP6 localizado na proximidade do viaduto de Olho Marinho, ao quilómetro 14, foram sendo alvo de remendos pontuais desde há cerca de seis anos a esta parte, mas as fissuras que foram seladas voltaram a abrir e o piso abateu, originando fendas profundas e, em alguns casos, com cerca de 20 centímetros de largura.

Em janeiro de 2017, a via mais à direita, no sentido Óbidos-Peniche, da faixa de rodagem ficou vedada ao trânsito, até que em julho, na sequência do capotamento de um carro junto à zona sinalizada, a circulação foi totalmente interdita para ser feito um estudo geotécnico para travar os assentamentos, tendo sido a circulação desviada para a via contrária, que está agora dividida em dois sentidos e com velocidade condicionada ao longo de cerca de um quilómetro.