População estrangeira a viver na região em ação de solidariedade


Silver Coast Volunteers

357

A Silver Coast Volunteers, associação que junta cidadãos estrangeiros a viver na região, está a recolher tampas de plástico para poder ajudar Pedro Querido, um jovem de 7 anos, das Caldas da Rainha, que  apresenta um quadro clínico de hipotonia generalizada, que lhe afeta toda a parte motora, o que o impossibilita de conseguir sentar-se, caminhar, ou fazer frente às mais básicas necessidades diárias sem ajuda.

Os voluntários recolhem as tampas na sua sede, localizada na Porta da Vila de Óbidos, e, segundo John Chagas, elemento desta associação, “estas tampas são, depois, vendidas à Valorsul e o dinheiro que se conseguir vai ser para ajudar nos tratamentos do Pedro Querido, que não são comparticipados pelo Serviço Nacional de Saúde”. “As pessoas, todas as que quiserem, poderão vir até ao nosso espaço e deixar as suas tampinhas”, apela. O espaço dos Silver Coast Volunteers está aberto ao público às segundas, quartas e sextas-feiras, das 10 às 12 horas e das 14 às 16 horas. Terças e quintas-feiras, está aberto das 14 às 17 horas. Encerra ao fim-de-semana.

Recorde-se que  a Silver Coast Volunteers foi fundada no final de 2016. A ideia é integrar os residentes estrangeiros, enquanto ajudam a comunidade local, através do trabalho voluntário. Os voluntários ajudam, neste momento, diversas organizações locais sem fins lucrativos a atingir as suas metas, fornecendo mão de obra voluntária, ou doações. Os Bombeiros Voluntários de Óbidos e das Caldas da Rainha, a APAR (Associação Portuguesa de Apoio ao Recluso), o Centro de Dia da Usseira, o Banco Alimentar, os Guias de S. Lourenço são alguns dos exemplos das instituições onde estão presentes. Neste momento, a associação tem 203 membros.

Informações adicionais:
https://www.facebook.com/groups/1600732210231157/
http://www.silvercoastvolunteers.pt/