Óbidos faz simulacro de evacuação dos Complexos Escolares

Comemorações do Dia Internacional da Proteção Civil

325

No âmbito das comemorações do Dia Internacional da Proteção Civil, o Serviço Municipal de Proteção Civil de Óbidos (SMPC) e os Bombeiros Voluntários de Óbidos (BVO) realizaram, no passado dia 28 de Fevereiro, três exercícios para testar os planos de evacuação dos Complexos Escolares do Município.

O primeiro complexo a ser evacuado foi o do Alvito, logo pela manhã, seguindo-se o dos Arcos, cerca das 11 horas, e, finalmente, o do Furadouro, às 14h45.

Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Óbidos, estes três simulacros serviram para “criar dinâmicas de segurança em toda a comunidade escolar”. Carlos Silva explicou que estes exercícios “de evacuação total das escolas podem ser aplicados para qualquer cenário, como incêndios de grandes dimensões, um sismo, ou outro tipo de situação”. O responsável disse ainda que “isto era algo que não era feito há algum tempo e o executivo municipal, em conjunto com o SMPC e os BVO, avançou para estes três simulacros, em que evacuámos as escolas”.

Por seu lado, José Pereira garantiu que estes exercícios “são da maior importância”, para se evitar que, no futuro, “numa ocorrência real, não tenhamos perdas de vidas e possamos salvaguardar a pessoa humana”. Para o vice-presidente da Câmara Municipal de Óbidos, estes simulacros “fazem parte de uma estratégia municipal que tem vindo a ser implementada ao nível de todas as escolas e que agora culminou com estes exercícios”, com o objetivo de proporcionar “maior segurança em todo o nosso território”.

Recorde-se que o Complexo Escolar dos Arcos tem, neste momento, cerca de 280 alunos, o do Alvito quase 250 e o do Furadouro pouco mais que 140.