Junho das Artes de novo em Óbidos

“Fronteiras” é o tema da edição de 2011

486

A vila de Óbidos acolhe, entre os dias 10 e 26, mais uma edição do Junho das Artes (JA). Um evento sobre arte contemporânea, este ano, com o tema “Fronteiras”.

O JA procura a produção artística na sua construção conceptual e formal, focada no papel genuíno da experimentação artística, tendo como palco a Vila de Óbidos. Num diálogo permanente entre a riqueza dum lugar feito de património construído, lendas e magias como património imaterial e a materialização da criatividade e inovação dos artistas.

Na edição deste ano, é de relevar no formato do evento, o trabalho de produção artística em permanência, que se pode começar a observar desde o início do mês de Junho, nas ruas da Vila e o espaço de encontro de artistas e público – galeria da Casa do Pelourinho.

As escolas… através dos seus ateliês criativos (num reforço da estratégia deste território) vão integrar o programa. Os pólos escolares vão estar presentes com trabalhos desenvolvidos pelas crianças, sobre a temática.

O JA pretende dar a conhecer a estratégia do Município de Óbidos no que se refere à captação de artistas e criadores e de projectos, de modo a tornar Óbidos identificada com a Inovação e Criatividade.

A quarta edição do JA, mais do que questionar a veracidade dos documentos como prova dos factos históricos, deseja consultar sobre as variáveis que condicionam a construção da narrativa histórica, tomando-a como um terreno permeável às circunstâncias dos tempos e do posicionamento daqueles que olham de novo.

No entanto, este não é o ponto de chegada, pois a Fronteira, enquanto espaço que divide o diferente e junta o semelhante, é também entendida como um lugar simultaneamente de encontro entre esses opostos e onde se potencia espaço para negociações e construção de uma alternativa.

A palavra Fronteira, ideia chave do programa do JA 2011, remete-nos para um conceito de actualidade, no sentido do que é oportuno discutir, hoje, a fronteira como espaço e como tempo. Neste tempo não linear, onde acontecem coisas simultaneamente em diferentes lugares (ou em não lugares).

Contamos com essa construção do inesperado, do que surge em cada nova proposta dos artistas, criando experiências espaciais estruturalmente cenográficas, quase integralmente concebidas a partir do espaço da vila de Óbidos.

Neste contexto, a programação encontra-se dividida em três ciclos distintos de forma a estabelecer uma relação com as várias possibilidades que o conceito Fronteira promove.

O primeiro ciclo concentra-se fisicamente nos espaços expositivos da Galeria novaOgiva (Filipa César, Manuel Santos Maia e Pedro Neves Marques), na Galeria da Casa do Pelourinho (Patrícia Almeida) e no Museu Municipal (João Ferro Martins e Manuel Santos Maia).

As obras que protagonizam este primeiro ciclo abordam a subjectividade da memória na construção dos factos históricos e a reelaboração da sua linguagem.

Assim, como nos restantes ciclos, a Fronteira, quer seja territorial, disciplinar, ou simbólica, é invocada não só como um limite, mas como o local onde a negociação de uma outra hipótese se potencia.

No segundo ciclo de programação, o espaço expositivo prolonga-se para o exterior, partindo do convite a oito artistas (Inês Milagres, Inês Botelho, Henrique Neves, André Banha, João Ferro Martins, Von Calhau, Luís Sezões e Tiago Baptista) para olharem para o território do Concelho de Óbidos. Neste movimento pretende-se provocar o diálogo entre o lugar de representação do intra-muros e o âmbito das localidades e lugares do Concelho, superando e problematizando a barreira física e simbólica que os separa.

Propõem-se também o extravasar dos limites entre o objecto artístico e o processo que integra, olhando para este como um espaço-tempo de acção e inscrição de natureza artísticas. Este processo criativo pode ser partilhado com o público no último piso da Galeria da Casa do Pelourinho, onde Inês Milagres, Von Calhau e João Ferro Martins estarão em residência durante o JA. O visitante é convidado a visitar o espaço, onde pode acompanhar de perto o processo.

O terceiro ciclo parte do convite a duas estruturas de programação independentes a operar na região: o Museu Bernardo, sediado nas Caldas da Rainha, e a Associação a9))), localizada em Leiria. Ambos foram convidados a desenhar uma programação que deslocasse para Óbidos o seu espaço original de acção, aproximando lugares e criadores, e fazendo de Óbidos o seu palco de encontro e mostra.

A divulgação das artes na vila de Óbidos, uma das 7 Maravilhas de Portugal, abre o território a trabalhos nas diversas áreas das Indústrias Criativas, nomeadamente na Arquitectura, Artes Visuais, Audiovisuais, Televisão e Rádio, Artes Performativas e Entretenimento, Cenografia, Cinema e Vídeo, Design, Escrita e Publicação, Música e Software Educacional e Lazer.

Artistas Convidados:
Filipa César, Pedro Neves Marques, Manuel Santos Maia, João Ferro Martins, Patrícia Almeida, Henrique Neves, Inês Botelho, André Banha, Luís Sezões, Tiago Baptista, Von Calhau, Inês Milagres.

Project Rooms: (*)
Amélie Bouvier, Projecto Balbucio, Cátia Ezequiel, Gustavo de Jesus, Javier Martinez, João Botas, Luis Plácido Costa, Mariline Ricardo, Martinho Fernandes, Miguel Lopes

*As Candidaturas aos Project Rooms contaram com propostas muito diversificadas das quais o júri seleccionou um conjunto de 10 projectos que se vão instalar na vila, lado a lado com as propostas dos artistas convidados. Júri Project Rooms – Carolina Rito, Miguel Silvestre e Ana Calçada.

Programadores convidados:
Museu Bernardo
a9))) – Célula & Membrana – Associação – projectos musicais

A comissária convidada, deste ano, será Carolina Rito.

O JA 2011 vai contar com outras actividades. Nomeadamente com residências/ artistas em working progress, Workshops, espectáculos, conversas com…

Horários:
• Domingo a quinta-feira
10h00/13h00 e 14h00/18h00
• Sexta-feira, sábado e vésperas de feriado
10h00/13h00 e 14h00/23h00

A organização é do Município de Óbidos, através da Óbidos Patrimonium, E.E.M.

Informações: E-mail: obidosja@cm-obidos.pt |  T.: 262 955 500

Press Release (pdf)