Começaram as obras que vão permitir dar uma nova centralidade a Óbidos

Obras de reabilitação

508

Já começaram as obras de reabilitação da Igreja de Nossa Senhora do Carmo, Igreja de São Tiago, Edifício da Farmácia – Espaço para a Promoção da Inovação e Criatividade (EPIC) e Espaço Criativo José Joaquim dos Santos. Estes trabalhos fazem parte de uma candidatura do Município de Óbidos ao Regulamento Específico “Parcerias para a Regeneração Urbana”, inscrito no Eixo 2 – Desenvolvimento das Cidades e dos Sistemas Urbanos, do Programa Operacional Regional do Centro 2007-2013, relativamente à qual o Município obteve aprovação em Julho de 2009, com um valor total de 1.407.000,00 €.

Às obras destes quatro espaços, vão juntar-se ainda a reabilitação do edifício para Instalação da Casa das Rainhas – Óbidos Story Center e a reabilitação de três outros edifícios para a instalação dos Espaços Criativos Josefa d’ Óbidos, Baltazar Gomes Figueira e André Reinoso.

Os projectos que fazem parte deste programa de acção visam a reabilitação de edifícios que se encontram devolutos, ou parcialmente devolutos, a reabilitação de espaços públicos e a dinamização do mercado do arrendamento como forma de potenciar o número de residentes e actividades económicas na Vila de Óbidos.

Pretende-se ainda fomentar uma dinâmica económica, social e cultural, estimulando o desenvolvimento de actividades criativas e a produção artística, numa perspectiva integradora, multidisciplinar e transversal, respeitando os princípios da conservação integrada no que respeita à reabilitação de edifícios.

O objectivo geral de reforçar a centralidade da Vila promovendo a sua multifuncionalidade enquadra-se numa estratégia municipal de qualificação e incremento da sua competitividade dotando-a de padrões de qualidade e funcionalidade urbana que lhe permitam tirar partido das oportunidades de desenvolvimento local e regional emergentes e de afirmar as suas vocações no espaço regional. Simultaneamente revela a intenção de promover o desenvolvimento equilibrado da Vila numa perspectiva de coesão económica, cultural, social e territorial.

Segundo Rita Zina, vereadora do Planeamento Estratégico, Ordenamento do Território, e da Conservação do Património Cultural, “estamos a reabilitar um conjunto de oito edifícios localizados na Vila de Óbidos, que se encontravam devolutos e alguns deles em adiantado estado de degradação. Trata-se de uma acção de conservação integrada, que tem como objectivo permitir a utilização e a fruição destes monumentos e edifícios antigos através da sua adaptação a novos usos, compatíveis com a especificidade de cada um, para que não haja alteração das suas caraterísticas tipológicas e morfológicas,  e garantindo sempre a preservação e o restauro, quando necessário, de todos os elementos construtivos com valor cultural”. No que respeita às opções arquitetónicas e construtivas, “estas obras assumem, como princípios orientadores, a intervenção mínima, a compatibilidade e a reversibilidade. Só agindo desta forma, pontualmente e com grande rigor, será possível a concretização de uma reabilitação do conjunto urbano da Vila, a longo prazo, da qual não resulte a perda ou diminuição da sua autenticidade patrimonial”, explica.


ÓBIDOS CRIATIVA – PARCERIAS PARA A REGENERAÇÃO URBANA

AGENDA – operações individuais em obra

tabelaPress Release (pdf)

Parcerias para a Regeneração Urbana – Rita Zina – Antena 1 – Portugal em Directo (05 Dez 11) (download mp3)