Resolvido o problema de abastecimento de água

Sobral da Lagoa

1162

A situação de falta de água numa área da localidade do Sobral da Lagoa está, desde hoje, de madrugada, resolvido. Depois de ter sido descoberta a rutura na conduta que provocou a interrupção de abastecimento, e com o empenho de várias equipas, a situação já voltou à normalidade.

Segundo Pedro Félix, vereador com o pelouro dos equipamentos municipais, “a partir das 3 da manhã de hoje [24 de julho] o problema ficou resolvido”. O autarca explica que se tratou “de uma rutura numa zona de fratura da serra e que debitava 60 metros cúbicos de água por hora para uma zona de grutas e, como não se sabia para onde é que água ia, não era detetável. Foi através de um aparelho ultrassónico, facilitado pelos Serviços Municipalizados (SMAS) das Caldas da Rainha, que se conseguiu encontrar a rutura”.

Telmo Faria, presidente da Câmara Municipal de Óbidos, propôs esta manhã, em reunião a câmara, uma deliberação – aprovada por unanimidade – onde se faz uma “saudação e agradecimento muito especial” não só aos vereadores Pedro Félix e Humberto Marques, que acompanharam a situação diariamente no terreno, como também “à equipa municipal do setor das águas e a todas as outras equipas, que não dormiram até se encontrar a origem de uma perda de água enorme”.

Um agradecimento que, segundo Telmo Faria, se estende aos Município das Caldas da Rainha, pela colaboração técnica prestada, assim como aos Bombeiros de Óbidos e de Peniche “que fizeram um trabalho exemplar no apoio de fornecimento de água à Amoreira e Vau”. Por seu lado, Humberto Marques, destacou “a compreensão por parte da população” enquanto se trabalhava para resolver esta rutura.

Recorde-se que os serviços do Município de Óbidos estiveram no local, desde sexta-feira, dia 19 de julho, a tentar identificar a origem do problema, tendo sido apenas possível identificar o local ontem ao final do dia, com a colaboração dos SMAS das Caldas da Rainha. Durante estes dias foram tomadas medidas de abastecimento alternativo à população, nomeadamente a disponibilização do Estádio Municipal de Óbidos para banhos e de um autotanque dos Bombeiros de Óbidos no Sobral da Lagoa, localidade mais afetada por esta rutura.

Estiveram presentes para a resolução do problema os colaboradores dos Serviços de Águas e de outros serviços do Município, num total de 15 pessoas. Uma vez que o abastecimento às localidades do Vau e Amoreira também é realizado através do reservatório do Sobral da Lagoa, e para garantir o abastecimento as estes lugares, os Bombeiros de Óbidos e Peniche estiveram 24h/24h a proceder à trasfega de água para o reservatório do Vau e da Amoreira.

A Câmara Municipal de Óbidos agradece a toda a população a compreensão que teve até que esta situação ficasse resolvida.

Press Release (pdf)