Comitiva entrega Casula com o “Bordado de Óbidos” ao Papa Francisco

Cerimónia decorreu, no dia 28 Fevereiro, na audiência geral, em Roma

1370

No passado dia 28 de Fevereiro, um grupo de 5 representantes, da “Associação Artística e Artesanal Bordar Óbidos”, principal garante da continuação do tradicional “Bordado de Óbidos”, acompanhados pelo ex-Pároco Paulo Gerardo e recebidos pelo obidense Padre David Palatino, teve a oportunidade de oferecer ao Papa Francisco, na audiência geral de quarta-feira, uma Casula (paramento litúrgico usado pelo sacerdote para celebrar a Eucaristia) com o “Bordado de Óbidos”.

Esta iniciativa já estava pensada há mais de um ano, mas só agora a Prefeitura da Casa Pontifícia julgou oportuno e acedeu ao pedido de realizar este desejo. A entrega foi feita pessoalmente por Sylvie Simão e Tininha Santos. A Casula oferecida a Sua Santidade foi a quarta confecionada por esta Associação, depois das usadas nas Missas Novas dos Padres Valter Malaquias e David Palatino (atualmente a estudar em Roma), e nas bodas de prata sacerdotais de Paulo Gerardo.

“É, com certeza, um enorme orgulho para todos os obidenses, que se fizeram presentes nas pessoas que pessoalmente saudaram o Santo Padre”, disse David Palatino.

A Casula oferecida ao Papa, foi desenhada com o modelo do chamado «Bordado de Óbidos», cujos motivos figurativos e cromáticos se inspiram no teto da Igreja de Santa Maria.

Casula
Comitiva
Press Release (pdf)