Entraram em funcionamento três novos Espaços do Cidadão no concelho de Óbidos

Gaeiras, Olho Marinho e Sobral da Lagoa

930

Os Espaços do Cidadão das Freguesias das Gaeiras, Olho Marinho e Santa Maria, S. Pedro e Sobral da Lagoa receberam as suas credenciais de funcionamento por parte da Agência para a Modernização Administrativa (AMA). Desde ontem, 16 de Abril, que estes três novos Espaços do Cidadão, no concelho de Óbidos, entraram em funcionamento.

Ao todo, Óbidos passará a ter sete espaços, nas sedes das diferentes Juntas de Freguesia, com exceção da Freguesia de São Pedro, Santa Maria e Sobral da Lagoa, cujo espaço está localizado no Sobral da Lagoa, devido à existência de um espaço idêntico na Câmara Municipal de Óbidos, junto da sede da Freguesia. O concelho fica, desta forma, com oito espaços de proximidade aos munícipes.

A 5 de Fevereiro deste ano, no auditório da Junta de Freguesia do Olho Marinho, realizou-se a cerimónia de apresentação destes novos Espaços. Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal de Óbidos afirmou que “é bom, quando pensamos em política de proximidade e de governança, pensarmos em todos, sem excluir ninguém”, acrescentando, “que com estes novos serviços ficamos com uma rede de atendimento próxima das pessoas”, porque “o que se pretende é que os munícipes possam resolver os seus problemas num único espaço, perto delas”.

Humberto Marques explicou que este processo foi iniciado em 2013 e que, na ocasião, apenas havia autorização para fazer três novos Espaços do Cidadão, no concelho. “Visto que, no concelho, temos 20 por cento da população info-excluída, e a Câmara Municipal estava disponível para comparticipar os restantes espaços, foi possível avançar com os sete espaços”, adiantou o autarca.

Recorde-se que os Espaços do Cidadão são pontos de atendimento que reúnem serviços de diferentes entidades num único balcão. No Espaço Cidadão tem-se acesso a inúmeros serviços da administração central, local e de entidades privadas que prestam serviços de interesse público.

Press Release (pdf)