“É um orgulho ter aqui os poetas populares do nosso concelho”

Óbidos celebra Dia Mundial da Poesia

327

Óbidos assinalou o Dia Mundial da Poesia com a inauguração de uma exposição intitulada “Memórias Escritas dos Nossos Poetas”, na Casa José Saramago. Numa ocasião em que tanto se fala em Património Imaterial, a preservação da nossa identidade cultural, das nossas tradições e dos nossos saberes assume grande importância.  É nesta perspetiva que a valorização do património bibliográfico obidense se impõe, considerando a sua enorme riqueza. Esta exposição estará patente até 30 de Abril.

“Hoje estamos aqui a celebrar o Dia Mundial da Poesia ao mesmo tempo com outras 27 cidades de todo o Mundo”, explicou Humberto Marques, que inaugurou esta mostra. Para o presidente da Câmara Municipal, o galardão atribuído pela UNESCO a Óbidos, como cidade da Literatura, “deu-nos um posicionamento internacional” que tem de ser alimentado e construído através de várias iniciativas.

“Castelos há em muitos sítios, mas o que nos distingue é a vida dentro desse castelo, ou seja, as pessoas”, afirmou Humberto Marques, sublinhado, em relação a esta exposição, que, “ao se registarem as memórias e o conhecimento das nossas gentes, estamos diferenciar-nos cada vez mais”. “Isto é tão importante como uma boa estrada. Aliás, esta é uma estrada que nos leva ao Mundo”, garante o presidente da Câmara, concluindo que “é um orgulho ter aqui [nesta exposição] os poetas populares do nosso concelho”.

Integrada nesta atividade decorreu também a apresentação de um caderno de poemas intitulado “De mãos dadas”, realizado pelos alunos do 4º A do Complexo Escolar dos Arcos, numa atividade entre avós e netos.

Recorde-se que o Dia Mundial da Poesia assinala-se anualmente no dia 21 de Março e é o momento de celebração dos nossos poetas e de uma das mais importantes formas de expressão cultural e linguística da Humanidade. A poesia, presente em todas as culturas e em todos os continentes, toca a nossa humanidade comum e os nossos valores partilhados, podendo transformar o mais simples poema num poderoso catalisador do diálogo intercultural e da paz.

O Dia Mundial da Poesia foi declarado, pela primeira vez, pela UNESCO durante a sua 30.ª conferência em Paris, em 1999, com o objetivo de promover a diversidade linguística através da expressão poética e criar oportunidades para línguas em perigo serem ouvidas.