Jornada Diocesana da Juventude junta 1200 jovens em Óbidos

Com a presença do cardeal-patriarca de Lisboa

245

O cardeal-patriarca de Lisboa e mais de 1200 jovens celebraram no domingo, 7 de Abril, a Jornada Diocesana da Juventude 2019, centrados no tema ‘Liturgia # lugar de encontro’, em Óbidos.

A Jornada Diocesana da Juventude mobilizou mais de 1200 jovens provenientes de todas as realidades juvenis católicas, de paróquias, de movimentos e grupos que nas suas realidades também promovem encontros.

“É um encontro anual que nos dá muita força nesse sentido que o Papa agora apresenta, de uma maneira tão sugestiva na exortação (‘Cristo vive’), como sendo a própria juventude a força da Igreja. É a vida como ela começa, se sonha, como se projeta e ganhamos com isso”, disse D. Manuel Clemente, citado pela Agência ECCLESIA.

Cláudia Lourenço, diretora do Serviço da Juventude do Patriarcado de Lisboa, que organiza a jornada, explicou que se pretende que cada jovem perceba que “não está sozinho no seu grupo, na sua igreja local”, mas que “fazem parte de uma Igreja diocesana, mundial”.

Mafalda Almeida está “a fazer preparação para o Crisma” e participa com o seu grupo da catequese, para além do grupo de jovens da paróquia. “É sempre uma conexão especial estar na Igreja e praticarmos a nossa religião de livre vontade”, disse a jovem de Trás do Outeiro à mesma agência, considerando que a “Igreja comunica bem com os jovens” e que consegue “perceber tudo o que se diz na Missa e na catequese”.

O pároco de Óbidos, padre Ricardo Figueiredo, destaca a forma “coloquial” como o Papa Francisco escreve a exortação para os jovens ‘Cristo Vive’ para mostrar que “tem de haver uma mudança de linguagens”: “Esta linguagem tu a tu, de amizade, de proximidade, de verdadeiro testemunho cristão, é a linguagem que muda.”

A vereadora Margarida Reis esteve presente neste encontro em representação do executivo municipal.