Comandante dos Bombeiros Voluntários de Óbidos cessa funções

Carlos Silva vai para a Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais

587

Carlos Silva, comandante dos Bombeiros Voluntários de Óbidos e Comandante Operacional Municipal, vai cessar funções, hoje, por incompatibilidade do seu novo trabalho. Marco Martins, até agora segundo comandante, assume o comando dos soldados da paz obidenses.

Em comunicado, Carlos Silva informa que irá “cessar funções enquanto Comandante do Corpo de Bombeiros de Óbidos hoje, às 23h59, devido a incompatibilidade de funções”, uma vez que, “a partir de amanhã, dia 15 de Maio, passo a desempenhar [funções] na Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF, I.P.)”.

“Durante 12 anos – 6 enquanto Adjunto de Comando, outros 6 enquanto Comandante – coloquei de forma permanente e empenhada o meu conhecimento e experiência ao serviço do Comando do Corpo de Bombeiros de Óbidos”, sublinha Carlos Silva, garantindo que “só é possível estarmos no desempenho destas funções, quando o fazemos de forma humilde, respeitadora e abnegada”. O responsável diz ainda que tem a “noção da nossa condição humana, que é sempre mais forte quando acompanhada da partilha do conhecimento”.

José Pereira, vice-presidente da Câmara Municipal de Óbidos e responsável pelo pelouro da Proteção Civil, deixa “um agradecimento muito especial a Carlos Silva por todos os préstimos efetuados no nosso concelho, o que nos permitiu estar mais seguros”. “Deixo ainda votos de muitas felicidades para este novo desafio”, conclui o autarca

Marco Martins, que assume, neste momento, as funções de coordenador do Gabinete Técnico da Proteção Civil Municipal, irá garantir o comando do Corpo de Bombeiros de Óbidos até à nomeação do novo comandante.