Palestras sobre o Fogo na Idade Média são novidade para a edição de 2019

Mercado Medieval de Óbidos

166

Há novidades na XVIII edição do Mercado Medieval de Óbidos, que decorre de 18 de Julho a 4 de Agosto, aberto de quinta-feira a domingo, na Cerca do Castelo de Óbidos. Este ano, sendo o Fogo o tema que dá o mote a todos os dias do Mercado, vai haver palestras, com os mais conceituados especialistas nesta matéria.

Serão, ao todo, duas palestras por semana, que abordarão as facetas e importância dos diferentes tipos de fogo que moldavam a vida da Idade Média, no nosso País.

Dia 19 de Julho – sexta-feira


1ª Palestra: 15h30

Tema: Do ignis purgatorium ao fogo da purificação

Casa José Saramago

PEDRO BARBOSA
Professor Associado com Agregação na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL). Diretor do Instituto Alexandre Herculano, da FLUL. Investigador do Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa. Académico Efetivo da Academia de Marinha. Académico Correspondente da Academia Portuguesa da História. Membro da Sociedade de Geografia, secções de Estudos Luso-Árabes e Relações Internacionais. Vice-Presidente do Conselho Geral do Instituto Luso-Árabe para a Cooperação. Secretário-geral do Observatório do Mundo Islâmico. Membro do Conselho Científico da Fundação Batalha de Aljubarrota. Membro da Sociedade Histórica da Independência de Portugal.

2ª Palestra: 16h30

Tema: Inferno com poucas chamas, algumas paixões e muitos medos. Uma proposta de leitura das estratégias e mecanismos de significação do painel “Inferno” do Museu Nacional de Arte Antiga

Casa José Saramago

FERNANDO ANTÓNIO BAPTISTA PEREIRA
Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, pós-graduado em Museologia pelo antigo Instituto Português do Património Cultural e doutorado em Ciências da Arte (História da Arte) pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa. Ensina na Universidade de Lisboa (na Faculdade de Letras e na Faculdade de Belas-Artes) desde 1979, sendo atualmente Professor Associado na de Belas Artes, onde desempenhou as funções de Presidente do Conselho Pedagógico (2006-2011), do Conselho Científico (2012- 2017) e de Diretor do Centro de Investigação e Estudos em Belas -Artes (CIEBA), de 2010 a 2016, sendo também autor dos Planos de Estudos de diversos Ciclos de Estudos dessa faculdade. Tem vasta e diversificada obra publicada nos domínios da História da Arte e da Cultura Portuguesas, da Crítica de Arte e da Museologia e do Património. É autor do Conceito e da Programação de vários Museus e de grandes Exposições nacionais e internacionais em Portugal, em Espanha, no Brasil e em Macau, assim como foi o responsável pela coordenação científica dos respetivos catálogos. Foi também o Comissário Científico da 1ª Exposição do Museu Hermitage de S. Petersburgo em Portugal («Arte e Cultura do Império Russo. De Pedro-o-Grande a Nicolau II», 2007) e o Revisor Científico da Nova História da Arte de Janson, publicada em Janeiro de 2010 pela Fundação Calouste Gulbenkian. De 1 de Fevereiro de 2017 a 14 de Outubro de 2018 foi Adjunto do Ministro da Cultura para os Museus e o Património, tendo regressado, desde então, à vida universitária. Foi eleito, a 15 de Março último, Presidente da Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.

Mesa-Redonda – 17h30

Dia 26 de Julho – sexta-feira

1ª Palestra: 15h30

Tema: O Fogo, um dos Símbolos da Crença Apocalíptica

Museu Abílio

PRISCILLA PINHEIRO QUIRINO
Bacharel (2008) e Mestre (2011) em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Pernambuco; Doutoranda em História Medieval pela Universidade de Coimbra; Colaboradora Externa do Centro de História Social e da Cultura da Universidade de Coimbra; Investigadora Não Doutorada Integrada do Centro de História da Universidade de Lisboa; Ex-Bolsista BEX-CAPES.

2ª Palestra – 16h30

Tema: O Fogo: Entre as Trevas e a Luz

Museu Abílio

ANTÓNIO MATOS FERREIRA
Professor auxiliar da Faculdade de Teologia. Doutor em História Contemporânea; pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa com o tema «Um católico militante diante da crise nacional: Manuel Isaías Abúndio da Silva (1874-1914)». Tem o Diplôme d’Études Approfondies (D.E.A.) em História Moderna e Contemporânea – Universidade da Sorbona Paris IV e Licenciatura em História – Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Leciona e investiga na área de História da Igreja e História do Cristianismo Moderno e Contemporâneo, com destaque para as problemáticas do movimento católico, da secularização e da laicidade. É membro do Centro de Estudos de História Religiosa. Foi membro do Conselho Científico da Faculdade de Teologia. Foi Diretor do Centro de Estudos de História Religiosa (CEHR) da Universidade Católica Portuguesa e Diretor da revista Lusitânia Sacra.

Mesa-Redonda – 17h30

Dia 2 de Agosto – sexta-feira

1ª Palestra – 15h30

Tema: O fogo do Inferno e do Purgatório. Imagens e representações (s. XII-XVI)

Casa José Saramago

ANA ISABEL BUESCU
Doutora em História pela FCSH/UNL, com especialidade em História Cultural e das Mentalidades Moderna. Lecciona na mesma Faculdade e é Investigadora Integrada do CHAM-Centro de Humanidades/UNL. Principais domínios científicos: História de Portugal Moderno, educação de príncipes, cultura de corte, livrarias régias e aristocráticas, cerimónias régias e história biográfica.

2ª Palestra – 16h30

Tema: O Fogo na Guerra Medieval

Casa José Saramago

JOSÉ VARANDAS
Professor Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa onde se doutorou em 2005 com a dissertação: «Bonus Rex» ou «Rex Inutilis». As Periferias e o Centro. Redes de Poder no Reinado de D. Sancho II (1223-1248). É director do Mestrado Interuniversitário de História Militar, desde 2013. É subdirector do Centro de História da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde também coordena o Grupo de Investigação de História Militar. É investigador do Instituto de Estudos Regionais e do Municipalismo «Alexandre Herculano» e do instituto de Estudos Árabes e Islâmicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Integra, como docente, o Mestrado e Doutoramento de História Marítima realizado pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e a Escola Naval.
É académico correspondente da Academia Portuguesa da História e Membro Efectivo da Classe de História Marítima da Academia de Marinha, bem como sócio da Sociedade Portuguesa de Estudos Medievais e da Associação Ibérica de História Militar.

Mesa-Redonda – 17h30

Sobre o Mercado Medieval de Óbidos 2019


Com um programa muito diversificado e rico, atores, malabaristas, manipuladores de fogo e jograis têm palco para mostrar as suas artes e cantorias nesta real festança, e gentis taberneiros preparam faustosos repastos que deliciam e enfartam os convivas.
Esta edição, sobre a temática da importância do Fogo na Idade Média, irá encantar cavaleiros e damas, nobres e burgueses e outros demais, com espetáculos de fogo, teatro, artesãos, ofícios e mesteres, torneios a cavalo, combates apeados, entre outras vivências da época.
Entre folganças e festas, faça parte da história no Mercado Medieval de Óbidos!

Informações úteis:
Horários

Quinta-Feira: das 17h00 às 00h00
Sexta-Feira: 17h00 às 01h00
Sábado: 11h00 às 01h00
Domingo: 11h00 às 00h00

Bilhetes Mercado Medieval de Óbidos

Bilhete de entrada (a partir dos 12 anos) – 7€
Entrada gratuita a menores de 12 anos

Descontos (só disponíveis na bilheteira local):
Bilhete de Grupo (+ 15 Pax) – 6€/pessoa
Trajados à Época – 6€

Serões Medievais: de quinta-feira a domingo
Bilhete Criança (3-11 anos) – 19,90€
Bilhete Inteiro (> 12 anos) – 49,90€
Inclui: Entrada no Evento + Traje + Lugar reservado no Torneio + Ceia Medieval

Cenário Medieval: De segunda a sexta-feira
Bilhete geral – 2,5€ (inclui o acampamento dos petizes para crianças)
* Segunda a Quarta-feira das 9h às 18h00
Quinta e sexta-feira, das 9h00 às 13h00

BILHETES À VENDA EM https://obidos.bol.pt/

Flyer
Palestras
Press Release (pdf)

18julTodo o dia04augDestaqueMercado Medieval de ÓbidosEvento