SafeAlliance vence concurso internacional para projecto em S. Tomé e Príncipe

Parque Tecnológico de Óbidos

169

A SafeAlliance, empresa de base tecnológica especializada em soluções à medida e que actua no sector das novas TI, instalada no Parque Tecnológico de Óbidos, concluiu este ano um projecto na ilha São Tomé e Príncipe para o governo daquele país.

Concorrendo com outras empresas internacionais, a SafeAlliance foi a escolhida para implementar a 1ª fase da componente tecnológica de networking para o Backbone de Fibra Óptica da infraestrutura de comunicações da rede do Estado de São Tomé.

O fabricante eleito pela SafeAlliance para este projecto foi a Extreme Networks, que projecta, desenvolve e fabrica equipamentos de infraestrutura de rede com e sem fios, e desenvolve software para gestão de rede, políticas, análises, segurança e controles de acesso (NAC).

A solução apresentada passou pelo fornecimento, instalação, configuração e testes de uma infraestrutura para as 82 instituições do governo de São Tomé e Príncipe, localizadas num raio de 10 km em redor da capital, interligadas em fibra óptica de última geração a uma velocidade de 10GB/s.

Este projecto é um piloto em termos de CPLP e São Tomé e Príncipe foi o país escolhido para a sua implementação. As primeiras entidades a usufruírem desta nova tecnologia, aquando da sua implementação, foram a televisão estatal – com as emissões em directo em qualquer ponto da capital – e a Segurança Social – no acesso a todos os serviços disponibilizados pelo data center do governo que, inclusive, serviram de base para os testes iniciais.

Com esta nova estrutura tecnológica, vários outros serviços do governo de São Tomé e Príncipe – como videoconferência, VOIP, wireless público, CCTV – podem ser implementados, sem qualquer impacto, na segurança e na performance dos actuais – e mesmo futuros – serviços disponibilizados.