StartUp Óbidos avança para a segunda edição

Programa de apoio ao desenvolvimento e aceleração de ideias e de (novos) negócios regressa em 2020.

260

Nove sessões de apoio, formação imersiva e consultoria estratégica, visitas externas a case studies empresariais do ponto de vista do negócio e da experiência física e digital, e a “convicção de termos colocado, no caminho certo, cinco projetos promissores”. Assim foi a edição de arranque do StartUp Óbidos, programa de apoio ao desenvolvimento e aceleração de ideias e de (novos) negócios lançado pelo Óbidos Parque, e que terá, em 2020, a sua segunda edição.

“Esta edição 1 foi um desafio para nós, Óbidos Parque, mas acima de tudo para o grupo de empreendedores que esteve connosco ao longo de nove semanas a trabalhar, avaliar, testar e a validar os seus projetos”, começa por dizer Miguel Silvestre, do Óbidos Parque. “E o balanço que fazemos é francamente positivo”.

“A ‘maturidade’ que encontrámos a 20 de dezembro (último dia do programa) foi, sem dúvida, muito diferente daquela que nos foi apresentada cerca de dois meses antes. E essa sempre foi a nossa expectativa: a de terminarmos esta primeira edição com as ideias de negócio mais trabalhadas, estruturadas, e com objetivos claros, mais direcionados, prontos para passar à fase seguinte”, afirma.

Recorde-se que o StartUp Óbidos é um programa aberto a empreendedores que queiram desenvolver e preparar os seus projetos para o futuro. A primeira edição contemplou espaço de trabalho gratuito durante 12 semanas, networking, e um conjunto de sessões de apoio, formação e consultoria conduzidas por um grupo de mentores experientes, complementadas com a produção e disponibilização de conteúdos via e-learning.

A segunda edição do StartUp Óbidos deverá arrancar durante o primeiro trimestre de 2020.

Vídeo de encerramento do programa em https://www.youtube.com/watch?v=OaClI_FHmqU

Sobre o Óbidos Parque
O Óbidos Parque é um centro de negócios de base tecnológica, digital e criativa, do qual fazem hoje parte perto de 40 tecnológicas ligadas às áreas do Software, Hardware, Agricultura, Saúde, Design, Web Design, Marketing Digital, entre outras. Através de uma interligação dinâmica entre empresas, mercado e atividade académica e de investigação, o parque oferece um ecossistema de inovação favorável ao desenvolvimento de projetos, quer estejam numa fase embrionária, nascente, ou numa fase avançada de maturação.
Atualmente vivemos uma nova era de expansão com a chegada de novos investidores, novos edifícios e novos projetos.