IPSS e Escolas poupam 23 mil euros/ano com prémios “Sala LED”

Instalação de salas de aula com iluminação LED em 29 escolas e IPSS da região

137

No âmbito do projeto PPEC “Ventos de Poupança 2: Energia + Social”, foram instaladas 1 450 lâmpadas LED em 29 escolas e IPSS dos concelhos de Alcobaça (duas), Alenquer (duas), Barreiro, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha (duas), Leiria, Moita, Montijo, Óbidos, Ourém (duas), Peniche, Pombal (três), Seixal (oito) e Torres Vedras (duas).

O projeto promoveu durante os dois últimos anos letivos atividades lúdico-pedagógicas usando a aplicação “ÉcomLógica” para smartphones, bem como outras ações relativas à eficiência energética e a cooperação social e intergeracional entre jovens e IPSS de cerca de 42 escolas do 3º Ciclo e ensino secundário, profissional e/ou artístico dos 12 municípios do Oeste, Barreiro, Moita, Montijo, Seixal, Cascais e Alta Estremadura, abrangendo um universo escolar de mais de 100 mil alunos.

A OesteSustentável – Agência Regional de Energia e Ambiente do Oeste em parceria com a AMESeixal – Agência Municipal de Energia do Seixal, Enerdura – Agência Regional de Energia da Alta Estremadura e S.Energia – Agência Regional de Energia do Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete, procederam à instalação de 1 450 lâmpadas LED em 29 entidades, estas intervenções promovem uma poupança estimada de 129 801 kWh/ano, evitando cerca de 53,87 tonCo2 para atmosfera, representando assim uma poupança anual de cerca de 23 000€/ano.

O projeto que terminou no final de 2019, atribuiu prémios a 29 escolas e 10 IPSS, nomeadamente: 29 Salas LED (53,87 tonCo2 evitadas e cerca de 23 000€/ano poupança estimada); cinco sistemas fotovoltaicos para autoconsumo (10,22 tonCo2 evitadas e cerca de 4 000€/ano redução da fatura de energia) e 5 microturbinas eólicas (13,63 tonCo2 evitadas e mais de 5 200€/ano redução da fatura de energia) nas 29 escolas e 10 IPSS finalistas.

As escolas classificadas do 11.º até ao 29.º lugar e as 10 IPSS finalistas receberam o prémio “Sala LED”, de forma a terem a oportunidade de renovar a iluminação num espaço das suas instalações. Este prémio incentiva e dá o mote para que os beneficiários sintam a mais valia ambiental e financeira e promovam uma política de substituição de lâmpadas gradual para LED à medida que as convencionais se vão fundindo, canalizando também novos investimentos em medidas de eficiência energética, através das poupanças obtidas. Este projeto permite promover um efeito replicador de boas práticas energético-ambientais em alunos, funcionários e professores, alargando-as também às famílias abrangidas.

Esta medida é promovida pela OesteSustentável e é financiada a 94,92% pelo PPEC – Plano de Promoção na Poupança de Consumo de Energia Elétrica da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), tendo contado com as parcerias das Agências de Energia AMESeixal, Cascais Ambiente, Enerdura e S.Energia como parceiros responsáveis pela implementação do projeto nos seus territórios.

Sobre a OesteSustentável: A OesteSustentável, Agência Regional de Energia e Ambiente do Oeste, presidente é Humberto Marques, presidente da Câmara Municipal é uma associação de direito privado sem fins lucrativos, que tem como missão a promoção de acções integradas que contribuam para uma maior eficiência energética, para um uso racional da energia, bem como o aproveitamento e promoção da utilização de recursos renováveis, de forma a contribuir para a Sustentabilidade da Região Oeste num âmbito local, assim como para um Desenvolvimento Sustentável num âmbito global.