Município e Agrupamento já forneceram mais de 300 refeições em tempo de pandemia

Cantinas continuam a funcionar nas escolas de Óbidos

621

O Município de Óbidos e o Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos, mesmo com os estabelecimentos de ensino encerrados devido ao Estado de Emergência e à pandemia de COVID-19, já serviram mais de 300 refeições a alunos dos escalões A e B durante este período. Esta medida está em vigor desde 16 de Março, data do encerramento total das actividades lectivas, e vai prolongar-se até que seja necessário.

Margarida Reis, vereadora responsável pelo Pelouro da Saúde e Bem-Estar, revela que, “neste momento, no Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos, temos 317 alunos no Escalão A e 423 no Escalão B, abrangendo todos os ciclos em ensino.” A autarca explica que “inicialmente foram contactados telefonicamente todos os Encarregados de Educação de alunos com escalões atribuídos”, tendo a iniciativa começado com 14 alunos, na primeira semana. “Depois o número foi aumentando de uma forma não muito significativa”, revela a vereadora.

Margarida Reis afirma que, “neste momento, estão a ser servidas refeições a alunos de todo o agrupamento, nomeadamente dos Complexos Escolares do Furadouro, Arcos e Alvito, assim como da Escola da Josefa de Óbidos”. “É ainda dado apoio num ATL a uma criança que mora no concelho vizinho das Caldas da Rainha, mas cuja mãe trabalha num lar, no concelho de Óbidos”, declara.

Recorde-se que, em relação a estas refeições, é da responsabilidade dos Encarregados de Educação levantá-las na portaria da escola, entre as 12 e as 14 horas. Toda a logística está a cargo da nutricionista da Câmara Municipal de Óbidos, Inês Almeida, e da técnica de nutrição municipal, Sandra Reis, para além das equipas operacionais do agrupamento, responsáveis pela distribuição das refeições.