Valorsul oferece às escolas 45 mil euros em prémios

Reciclar é ficar sempre a ganhar

146

“Separa e Ganha no Azul e no Amarelo” foi o desafio lançado às escolas e instituições. Durante o ano, a Valorsul pediu que separassem as embalagens de plástico e metal e de papel e cartão. Ao mesmo tempo que a comunidade escolar ganhava hábitos de reciclagem, todas as escolas poderiam ser premiadas pela Valorsul. A edição de 2019/2020, que agora terminou, mobilizou 295 escolas do jardim de infância ao ensino secundário e 26 instituições de âmbito social. Esta foi a edição mais participada de sempre, nos concursos, abrangendo 86.000 participantes, que se revelaram entusiastas da reciclagem.

No global foram recolhidas 780 toneladas de material reciclável, ainda que esta edição tenha durado menos dois meses que o habitual, devido ao encerramento antecipado das escolas e de outros estabelecimentos participantes. Este empenho é digno de destaque pelo que todos os envolvidos, desde alunos, auxiliares, professores, técnicos, utentes, operacionais de recolha merecem ser reconhecidos.

Pelo seu excelente desempenho, 450 prémios monetários foram atribuídos a escolas e instituições, chegando aos 45.000€. Com estes prémios, algumas escolas têm a possibilidade de adquirir novos equipamentos e recursos, por exemplo, para a ginástica, para os recreios, biblioteca, sala de aulas, etc.

Os materiais recolhidos pelos alunos seguem para reciclagem. Com uma parte do plástico recolhido será possível, por exemplo, produzir 226 mil novas t-shirts. E o alumínio será suficiente para fabricar, por exemplo, 808 bicicletas.

Estes concursos integram a oferta de educação ambiental da Valorsul – o Programa Ecovalor -que inclui ainda visitas, materiais informativos sobre a reciclagem e ações de sensibilização sobre o ciclo dos resíduos, que chegaram a mais de 9.700 alunos.

Sobre a Valorsul
A Valorsul é responsável pelo tratamento e valorização de resíduos urbanos de 19 municípios da zona de Lisboa e região Oeste: Alcobaça, Alenquer, Amadora, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lisboa, Loures, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Odivelas, Peniche, Rio Maior, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras, Vila Franca de Xira. A Valorsul valoriza 20% de todo o lixo doméstico produzido em Portugal, servindo 1,6 milhões de habitantes. A Valorsul produz e exporta para a rede elétrica 2% dos consumos domésticos nacionais.