Josefas, Livros, Ginjas e Bordados nos Roteiros Imersivos da Rede Cultura 2027

Iniciativa a decorrer no dia 24 de Outubro

173

O conjunto de cerca de duas dezenas de Roteiros Imersivos, da Rede Cultura 2027, com o título Sabores, Sentires e Saberes oferecidos pelos municípios que fazem parte da rede (Óbidos incluído) mostram-nos o melhor de cada um deles, com visitas pelo património histórico e natural, degustações de iguarias gastronómicas e momentos performativos exclusivos.

São experiências inesquecíveis que decorrem a 24 de Outubro, terminando com o Congresso “O Futuro da Nossa Cidade”.

Neste dia, à imagem do que tem sucedido nestes últimos seis meses, todo o vasto e diverso território da Rede Cultura 2027 será percorrido, atravessado e interpelado pelas ideias, ações e vivências que o Congresso traz à população de cada um e de todos os 26 municípios da Rede.

Datas do Congresso | 23 e 24 de Outubro
Teatro José Lúcio da Silva – Leiria
Centro Cultural e de Congressos – Caldas da Rainha

Quanto à iniciativa Sabores, Sentires e Saberes, as vagas são limitadas a 10 pessoas (por município) e as inscrições, gratuitas, podem ser feitas a partir de dia 29 de Setembro.

Programa para Óbidos: Josefas, Livros, Ginjas e Bordados
· 11h00 – Ponto de encontro no Posto de Turismo de Óbidos para visita Guiada à Óbidos Vila Literária com prova de ginja;
· 13h00 – Almoço em restaurante típico no centro histórico da vila;
· 14h30 – Workshop I A técnica do Bordado de Óbidos, com as bordadeiras Sylvie Simão e Florentina Santos, no Espaço Ó;

Este é um workshop de iniciação à técnica do bordado de Óbidos. Cada participante terá um kit completo com linhas, agulhas e tecido e criará um produto com bordado de Óbidos que levará    como recordação.

O Congresso “O Futuro da Nossa Cidade” é presidido pelo recente Ministro da Cultura Luís Castro Mendes e contará com a presença, entre outros de Alexandre Quintanilha, François Matarasso, José Tolentino de Mendonça e Kepa Korta. O Colóquio subdivide-se em seis temas agregadores, sobre os quais se produzirá reflexão, e que podem guiar a construção do futuro da nossa cidade: a história e o património que marcam o território; a hospitalidade e a capacidade de atrair e integrar quem vem de fora; o espaço público como espaço de encontro, participação e cidadania; as estruturas de criação e transmissão, incluindo as plataformas digitais; a reflexão que envolve filosofia, ciência e arte; a relação entre as diferentes gerações, nomeadamente crianças e jovens, e a criação artística e cultural.

Rede Cultura 2027
Rede Cultura 2027, tendo Leiria como ponto de partida,convoca 25 outros concelhos (quase 10% dos concelhos de Portugal Continental, totalizando mais de 805 mil habitantes e quase 6.000 km2 de extensão) como parte inteira deste território vasto (atravessa 3 Comunidades Intermunicipais: Leiria, Oeste e Médio-Tejo), diverso e, porém naturalmente coerente, porque portador de um sentido comum. O sentido de, mais do que uma candidatura, sermos uma Rede Cultura que vai de Sobral do Monte Agraço, às portas de Lisboa, a 178km a norte, até Castanheira de Pera, já na fronteira com Coimbra, unindo ainda o litoral popular da Nazaré à história aristocrata do Cadaval, geminando as Torres Novas com as Vedras, convocando duas Cátedras Unesco (Gestão das Artes e da Cultura, Cidades e Criatividade no Instituto Politécnico de Leiria e Humanidades e Gestão Cultural Integrada do Território, no Instituto Politécnico de Tomar),  três cidades criativas da Unesco (Caldas da Rainha no Artesanato e Artes Populares, Leiria na Música e Óbidos na Literatura) e três dos mais simbólicos e preciosos Lugares Património Mundial portugueses (Alcobaça, Batalha e Tomar).


Para mais informações:
Acompanhe as redes sociais da Rede Cultura 2027
Aceda ao sítio do projeto https://www.redecultura2027.pt
Envie e-mail:  comunicar@redecultura2027.pt 
Ou contacte 910 528 279.