Semana Internacional de Piano do Oeste assinala 25 anos

SIPO - de 22 de Julho a 10 de Agosto

164

A SIPO – Semana Internacional de Piano do Oeste vai voltar a realizar-se na vila de Óbidos, de 22 de Julho a 10 de Agosto, numa edição que assinala os 25 anos do evento.

“A edição de 2021 marca o início de uma nova era. Queremos intensificar a vertente pedagógica, passando a contar com duas vertentes de Master Classes «Música de Câmara e Piano», ministradas por diferentes professores e pianistas convidados”, explica a Associação de Cursos Internacionais de Música (ACIM), organizadora da SIPO.

A programação do festival vai passar por Óbidos, nomeadamente na Igreja de Santa Maria, Casa da Barbacam, Igreja da Misericórdia, mas também pelo Centro Cultural das Caldas da Rainha, por Alcobaça e pelo Museu do Oriente, em Lisboa.

As Master Classes vão estar divididas em dois grupos, realizando-se de 23 a 29 de Julho, as dedicadas à Música de Câmara, com a pianista Olga Prats.

De 28 de Julho a 09 de Agosto, efetuam-se as classes de Piano, que contam com a presença dos pianistas Boris Berman, James Giles, Manuela Gouveia, Eugen Indjic e Artur Pizarro, oriundos de países como os Estados Unidos, França e Portugal.

A edição do 25º aniversário ficará ainda marcada pela estreia, em Portugal, dos pianistas Eugen Indjic e James Giles, de entre o leque de 15 concertos, com peças desde o barroco ao contemporâneo, passando pela música jazz, com um recital do Trio Mário Laginha.

“Esperamos uma edição memorável capaz de reunir em Óbidos, nas Caldas da Rainha e na Região Oeste, um significativo número de visitantes, que aguardam o regresso dos sons do teclado, após a pausa obrigatória devido à pandemia Covid-19″, diz Manuela Gouveia, a pianista e diretora artística da SIPO.

Confiante no regresso do evento que celebra a música, a organização da SIPO promete “um programa memorável e que ultrapassará a fronteira da vila, tornando-se numa das mais importantes iniciativas de âmbito cultural da Região do Oeste”, acrescentou Manuela Gouveia.

Na galeria da Casa da Barbacam, como habitualmente, haverá uma exposição, que este ano será “Transformações”, com fotografia e esculturas de bronze de Rainer Gross, escultor alemão conhecido pelas suas instalações efémeras em edifícios históricos, ou na natureza.

O programa conta ainda com a palestra “Um mundo novo subjugado ao populismo? Cidadania precisa-se”, proferida por Miguel Raposo Magalhães.

A edição inaugural aconteceu em Agosto de 1996 e, desde então, a SIPO promove anualmente dez dias em que a música de piano enche as ruas de Óbidos, uma das 7 Maravilhas de Portugal, com Master Classes e concertos a decorrer em vários locais.

Desde 2004, a SIPO atribui o Prémio Maria de Lurdes Avellar, instituído pela família Avellar, residente em Óbidos, e que contribuiu para incentivar a afirmação profissional de jovens músicos.

A partir do ano de 2011, é também atribuído, pela RDP/Antena 2, o Prémio Antena 2 – ACIM, na forma de um concerto gravado em direto, na série “Concertos abertos” do canal público de rádio, em Lisboa, e mais dois concertos em diferentes lugares. Este prémio é atribuído pelo público e pelos professores da SIPO aos estudantes que mais se destacarem nos concertos dos participantes das Master Classes. Desde 2019 o prémio passou também a ter um valor monetário de mil euros.

A SIPO é promovida pela ACIM, com o apoio financeiro e institucional da Câmara de Óbidos e da Direção-Geral das Artes, que, desde o seu início, lhe concede o estatuto de Interesse Cultural.

Programa:
pianobidos.org/programa

Contactos:
pianobidos@gmail.com
914 400 702