A ‘Viagem por tempos de outrora’ à descoberta dos Segredos de Óbidos

Começou a 15 de Julho e vai até 15 de Setembro

253

O projeto “Segredos de Óbidos”, que junta um conjunto de empresários da vila, tem mais um segredo em andamento: ‘A Viagem por tempos de outrora’. Começou a 15 de Julho e vai até 15 de Setembro. Esta viagem por tempos do «antigamente» começou, invadiu campos, uniu terras, aproximou pessoas, descobriu lugares esquecidos e despertou paixões.

Na próxima sexta-feira, dia 23, pelas 18 horas, terá lugar uma homenagem ao grande mestre Albino de Óbidos, dia do seu aniversário, na sua antiga Olaria, agora cafetaria “Nata Lisboa”, na rua da Talhada, junto do posto da GNR. Pelas 18h00 haverá um brinde oficial.

Sábado, dia 24, os visitantes serão surpreendidos pelas ruas da vila com O Cavaleiro, O Músico da Corte, Teatro de Rua e Trompete a La Carte.

Num convite à descoberta dos Segredos de Óbidos, numa vila cheia de História, podemos encontrar um ‘Luthier’ cheio de perícia que nos deixa rendidos à arte de trabalhar a madeira e as cordas que vão encantar e dar magia às noites de Óbidos. Momentos únicos ao sabor de um cocktail num final de tarde perfeito, o melhor pôr-do-sol e/ou namorar à mesa.

Venha sentir o céu a tocar na terra e a construir um paraíso.

Mas esta viagem, no que diz respeito a iniciativas, não fica por aqui.

Projeto – “Let`s have a drink on the Cock’s tail”
Tendo em conta o ambiente e os requisitos do próprio evento, transformar o lanche num verdadeiro acontecimento cheio de glamour. O clássico com o temperamento mediterrâneo. Uma cuidada e colorida seleção de bebidas onde os olhos também comem. As tapas, aqueles pequenos acepipes deliciosos a acompanhar um copo de vinho, cerveja ou espumante, não representam apenas um estilo de vida mediterrâneo. O conceito das tapas está cada vez mais associado ao prazer de viver, ao temperamento e a uma forma descontraída de conviver. Um encontro para tomar um copo de bebidas alegres, coloridas, vitaminadas, doces e cremosas, que façam as delícias dos seus convivas, ao mesmo tempo saborear acepipes e pequenas espetadas, pequenas delícias de carne, peixe, legumes, ovos e frutas. Mesas repletas de pequenas tijelas e travessas cheias das mais diversas pequenas iguarias e petiscos delicados e tentadores, recriando um ambiente cheio de cor, aromas e sabores.

Projeto – “Voar para a liberdade!”
«Cada coisa a seu tempo e no seu lugar. Vou ao mercado escolho produtos portugueses. Faço bons grelhados, de carne ou peixe: com batatas ou esparguete e… adoro bifes, de todos os tamanhos, formas e feitios. Os vinhos são inspiração e o tranquilizante da minha mente. Vinho, acepipes, música, poesia, biblioteca temática, etc…»

Projeto – “O clássico com o temperamento medieval”
Tapas com um copo de porto, vinho ou cerveja.
Os pequenos acepipes temperados, sejam com peixe, carne, legumes ou alface, formam uma base sólida e abrem o apetite. Histórias de outros tempos, de um território e de Reis e de uma memória que sobreviveu muito para lá do tempo. Onde o sentido da liberdade a pode observar como um exemplo pleno. Onde não há liberdade do pensamento a rígidos padrões, não há um exemplo pleno. Um brinde ao povo! O exercício é simples, correntes de liberdade. Vinho, acepipes, artesanato, livros, poesia, recriação histórica, performances de rua, noites palacianas, música, etc…

Projeto – “Dom Afonso Henriques Primeiro Rei de Portugal ”
“O Cerco e Tomada do Castelo” história ou lenda, içar a maior bandeira daquele que foi o nosso primeiro Rei.

Projeto – Mais que uma experiência, o “Espírito do Vinho”
Num lugar de culto, onde se encontram os pequenos grandes símbolos de toda uma certa arte de viver, onde se celebra a dignidade do vinho. As antiquíssimas tradições dos seus rituais, a exclusividade de um momento a dois por pequenas e grandes colheitas. O requinte dos acessórios, sinal de toda uma civilização que marca a diferença entre consumir ou dignificar o vinho. Porque uma tapa nunca vem só, há mais uma viagem por diversas pequenas iguarias que encurtam o tempo entre o almoço e o jantar.

Estas são algumas das propostas além do Teatro de Rua, Música, Workshops, Roteiros Gastronómicos, Manjares Tradicionais, viagens gastronómicas do medieval aos Descobrimentos e muito mais Segredos que se vão revelar.

E mais, muito mais ao longo de 60 dias….

Cartaz

Informações:

Segredos D’Óbidos