Óbidos Cycling Team mostra determinação no exigente GP Capodarco

Gabriel Casal destaca-se na competição sub-23

365

Foi com resistência e muita garra que a Óbidos Cycling Team concluiu a 51.ª edição do GP Capodarco, disputada a uma média de 41,640 km/h, com Gabriel Casal a finalizar uma das provas italianas mais exigentes e de alto nível mundial sub-23.

O GP Capodarco teve um total de 180 quilómetros, divididos em duas partes. Um primeiro circuito mais plano de 10,5 quilómetros, em Pianeggiante del Lungomare, ao qual o pelotão deu cinco voltas, seguido por um circuito mais montanhoso de 17,7 quilómetros em Capodarco, ao qual foram dadas sete voltas. Esta segunda parte da corrida incluiu uma subida de 3,7 quilómetros de extensão, com pendentes entre 4% e 6%. Antes da última volta, os ciclistas passaram pelo centro histórico de Capodarco onde, a 500 metros da meta, enfrentaram uma rampa de 200 metros em empedrado com inclinação de 15%.

Desde cedo, a corrida foi bastante atacada, com vários ciclistas a tentarem consolidar uma fuga. No entanto, o terreno plano favoreceu o ritmo da perseguição efetuada pelo pelotão, não deixando nenhuma fuga surtir efeito. Ao chegarem à primeira ascensão de Capodarco, o cenário mudou, pois o terreno inclinado favoreceu o ataque de oito corredores: Anders Foldager (Biesse-Carrera), Michiel Lambrecht (Bingoal WB Development Team), Filippo D’Aiuto (General Store-Essegibi-F.Lli Curia), Cole Kessler (Israel Premier Tech Academy), Nicolò Pettiti (Sias Rime), Matteo Ambrosini (Team Colpack Ballan CSB), Marco Schrettl (Tirol KTM) e Andrea Bruno (Hopplà-Petroli Firenze-Don Camillo). Mais tarde, juntou-se ainda Federico Iacomoni (Sias Rime). Os nove fugitivos chegaram à derradeira subida com cerca de 1 minuto de vantagem para um quarteto perseguidor.

À falta de 3 quilómetros para a meta, o italiano Iacomoni tentou a sorte, sendo acompanhado pelo norte-americano Cole Kessler, mas ambos sem sucesso. A 2 quilómetros, foi a vez do italiano Matteo Ambrosini, de 21 anos, desferir um novo ataque, conseguindo abrir um espaço para os companheiros de fuga e manter uma curta vantagem, que lhe valeu a vitória no GP Capodarco. Gabriel Casal cruzou a meta no 79.º lugar.

Classificação Geral:
1º Matteo Ambrosini (Team Colpack Ballan CSB) 4h19m22s
2º Filippo D’Aiuto (General Store-Essebigi-F.Lli Curia) a 1s
3º Anders Foldager (Biesse-Carrera) mt
79º Gabriel Casal (Óbidos Cycling Team) a 5m48s