Regresso do festival prova que a ópera chega a todos os públicos

Abertura do Festival de Ópera de Óbidos foi um sucesso e próximas récitas prometem final em grande

568

A nova vida do Festival de Ópera de Óbidos (FOO) teve uma abertura auspiciosa com a apresentação de quatro récitas no passado fim-de-semana. La Serva Padrona, de G. B. Pergolesi, e A Voz Humana, de F. Poulenc, corresponderam, assim, ao enorme interesse e afluência de espetadores que estiveram presentes no encantador espaço da Quinta das Janelas (Gaeiras).

Segundo Filipe Daniel, presidente da Câmara Municipal de Óbidos, “este primeiro fim-de-semana do Festival de Ópera de Óbidos é a prova que estamos no caminho certo. O regresso do festival esteve esgotado e, acima de tudo, cheio de todos os tipos de público. Este festival tem essa componente de poder democratizar a ópera, ou seja, Óbidos quer continuar a proporcionar Cultura para todos.” O autarca sublinha ainda que “foi notória a satisfação do público, não só pela qualidade dos espetáculos, mas também pelo espaço escolhido, assim como pela organização”.

José Rafael Rodrigues, vice-presidente da ABA – Banda de Alcobaça, Associação de Artes (ABA) e coordenador do festival, acrescenta que “este regresso do FOO comprova que é possível afirmar Óbidos como uma referência no panorama operático nacional e internacional. A estreita parceria com o Município de Óbidos e o apoio financeiro da DG Artes vão permitir a sustentabilidade do festival nos próximos anos. Esta é uma iniciativa que, a par dos festivais Cistermúsica e o Gravíssimo!, consolida a posição da ABA como um dos mais dinâmicos agentes culturais do País”.

E os próximos espetáculos são…

Para o último fim de semana, a decorrer entre os dias 14 e 17 de Setembro, o FOO oferece vários espetáculos imperdíveis: um Recital de Ópera (entrada livre), uma Gala de Ópera e duas apresentações de Don Giovanni, de W. A. Mozart, que serão interpretadas por alguns dos mais reputados intérpretes nacionais, como Carla Caramujo, Cátia Moreso, Bárbara Barradas, Luís Rendas Pereira, José Corvelo, entre outros.

Teremos também o prazer de escutar intérpretes internacionais como Jeroboám Tejera, Christian Lujan, Ashley Chui e Maximiliano Spósito. Contamos ainda neste fim-de-semana com a participação da Orquestra Filarmónica Portuguesa, dirigida por Bruno Borralhinho, do Coro do FOO e do Coro Infantil do FOO, ambos dirigidos por Filipa Palhares.

“No próximo fim-de-semana contamos ter casa cheia novamente e vamos, com toda a certeza, poder apreciar o que de melhor se faz em Portugal, na região e no concelho. Esta é uma aposta para os próximos anos e vamos continuar a surpreender”, refere Filipe Daniel.

Últimos bilhetes disponíveis prestes a esgotar

A mais clara expressão do interesse do público tem sido a forte procura de bilhetes. São já muito poucos os ingressos disponíveis para as últimas propostas do festival, o que comprova a aposta vencedora desta organização da ABA com a parceria estratégica do Município de Óbidos e que conta com o apoio financeiro da Direção-Geral das Artes/Ministério da Cultura. O FOO conta com o apoio mecenático da Sr.ª Emily Kuo.

Os bilhetes estão à venda em www.blueticket.pt.

Informações em obidos.pt.

Galeria de fotos (Facebook)