Segunda game jam realizada em Óbidos resulta em 14 jogos inspirados na Lagoa

165

A segunda game jam realizada em Óbidos, no contexto do projeto europeu EPIC-WE, resultou na criação, em quatro dias, de um total de 14 jogos, inspirados na Lagoa de Óbidos e no seu ecossistema.

A iniciativa decorreu entre os dias 29 de abril e 02 de maio, e juntou, na Praça da Criatividade, alunos do Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos e da Universidade Lusófona. No total, estiveram envolvidos perto de 80 participantes, entre alunos, professores e facilitadores.

No dia de encerramento da game jam e da apresentação dos jogos (provas de conceito), Filipe Daniel, presidente da Câmara Municipal de Óbidos, aplaudiu a iniciativa, que “culmina naquela que é a visão do município para o futuro”, assente na criatividade, na inovação, mas também no talento.

“Portugal pode exportar para todo o mundo aquilo que foi produzido aqui”, apontou o autarca. “O que vimos hoje é prova disso mesmo”.

“É na centralidade que Óbidos proporciona que tudo pode acontecer. Temos uma localização privilegiada, com uma História que muito nos honra. E este acreditar no potencial dos videojogos – materializado em eventos como o Óbidos Vila Gaming ou através da criação, em Óbidos, do observatório nacional de Gaming e de eSports – é uma oportunidade de valorizarmos todas estas skills que são, certamente, uma mais-valia para o nosso território”.

Na ocasião, José Santos, diretor do Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos, reforçou a importância de iniciativas como esta, sobretudo por favorecer a aproximação da escola à comunidade, à cultura e ao património.

“Este tem sido um projeto muito importante, sobretudo do ponto de vista da investigação”, referiu, por seu turno, Filipe Costa Luz, docente e diretor do mestrado em Game Design e Playable Media na Universidade Lusófona.

Para 2025 estão previstas mais duas game jams – uma em fevereiro e outra em abril/maio -, ainda com local e temática a definir.

No final, serão escolhidos dois jogos pelos parceiros do Óbidos Hub, que serão trabalhados e desenvolvidos com vista à sua comercialização pelo parceiro BATTLESHEEP – BS.

Jogos criados nesta segunda game jam

– Criminal Fauna Identification
– Spirit of the Lake
– Obidoswatching
– Biz Flamingo
– OtterWay
– FIND!
– The unfolding of an addiction
– Birdipedia
– Blooming Shallows
– Encyclofishia
– Salty Frog
– Fishing Simulator
– Mouse Hunter
– Travessia Aquática da Lagoa de Óbidos

Sobre o projeto EPIC-WE

O EPIC-WE é um projeto inovador, que pretende provar ou comprovar que, através do gaming e da experiência de criação por jovens estudantes universitários e do ensino secundário, é possível apreender os valores europeus através de jogos (jogos de e pela Cultura).

É dinamizado pelo Óbidos Hub, estrutura resultante de uma colaboração, em Portugal, entre um parceiro de investigação do ensino superior (Universidade Lusófona), um representante das indústrias criativas (BATTLESHEEP – BS), e um parceiro histórico-cultural (o Município de Óbidos).

Os objetivos de investigação do EPIC-WE centram-se em torno de três elementos gerais: 1) jogos através da Cultura, 2) jogos para a Cultura e 3) jogos como Cultura.

A primeira game jam aconteceu em fevereiro último, e teve como tema Óbidos Cidade Criativa da Literatura da UNESCO.

Mais informações em https://epic-we.eu/.