Ministra aplaude iniciativa “Juventude em Ação” em Óbidos

146

A ministra da Juventude e Modernização marcou presença no encerramento dos trabalhos da iniciativa “Juventude em Ação: Moldando o Futuro”, que decorreu sábado, 06 de julho, na Praça da Criatividade, tecendo rasgados elogios à iniciativa do presidente da Câmara de Óbidos. “Esta é uma excelente iniciativa e tive todo o gosto em poder associar-me a ela”, afirmou Margarida Balseiro Lopes, que considerou “fundamental ouvir os jovens”.

“Não conseguimos desenhar políticas públicas para os jovens sem lhes perguntar exatamente quais as suas preocupações e necessidades, para conseguirmos ser eficazes nas escolhas que fazemos”, declarou a governante, que acolheu as ideias, sugestões e anseios de duas dezenas de jovens, com idades entre os 16 e os 35 anos, oriundos de vários concelhos da região.

Para o presidente do município de Óbidos, escutar os jovens é uma prioridade. “Definir políticas no nosso território só faz sentido com os vossos contributos. Temos a responsabilidade de tomar medidas que vão ao encontro das vossas ambições”, frisou Filipe Daniel, dirigindo-se aos participantes do evento e destacando a aposta no gaming, que já vale cerca de 250 milhões de euros na economia nacional. “Óbidos continua a ser um farol para muitos territórios”, reforçou.

Saúde, educação, cultura e emprego foram algumas das áreas que estiveram em discussão no evento, tendo desta partilha resultado diversos contributos, propostas, reflexões, sugestões e planos de ação.

No final da sessão, a ministra reconheceu que o Governo tem “um grande desafio pela frente: garantir que o acesso à educação chegue a toda a gente”. “E neste momento não chega, porque há uma barreira: o alojamento estudantil”, assumiu Margarida Balseiro Lopes, lamentando que, hoje em dia, haja jovens que “escolhem o curso em função do que os pais conseguem pagar” em termos de despesas de alojamento. “Há jovens que não estão a seguir a sua vocação porque não têm condições financeiras que lhes permitam seguir esse caminho”, sublinhou a governante, prometendo medidas que ajudem a mitigar o problema.

Já o presidente do município de Óbidos manifestou vontade de prosseguir este tipo de iniciativas, tendo feito um balanço muito positivo do evento. “Há aqui muitas ideias interessantes e este momento não se esgota aqui”, assegurou Filipe Daniel.