Campanha Laço Azul sensibiliza para a prevenção dos maus tratos na infância

De 2 a 27 de Abril

2611

O mês de Abril é dedicado à prevenção e sensibilização da Comunidade para a problemática dos maus tratos em crianças e jovens.

Dedicada a esta temática, a Secção de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário (SPC) da Guarda Nacional Republicada de Caldas da Rainha, teve conhecimento através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vitimas Específicas (NIAVE) da Guarda Nacional Republicana de Leiria, da existência da Campanha “Laço Azul” que se iniciou em 1989, na Virgínia, E.U.A., quando uma avó, Bonnie W. Finney, amarrou uma fita azul à antena do seu carro “para fazer com que as pessoas se questionassem”.

A história que Bonnie Finney contou aos elementos da comunidade que se revelaram “curiosos” foi trágica e sobre os maus-tratos à sua neta, os quais já tinham morto o seu neto de forma brutal. E porquê azul? Porque apesar do azul ser uma cor bonita, Bonnie Finney não queria esquecer os corpos batidos e cheios de nódoas negras dos seus dois netos. O azul servir-lhe-ia como um lembrete constante para a sua luta na proteção das crianças contra os maus-tratos.

A história de Bonnie Finney demonstra-nos como o efeito da preocupação de um único cidadão pode ter no despertar das consciências do público, em geral, relativamente aos maus-tratos contra as crianças, na sua prevenção e na promoção e proteção dos seus direitos.

Surgiu a ideia de organizar uma recolha de bens para entregar a essas crianças, às vítimas… Para isso idealizou-se a união dos dois grandes alicerces da missão desta Secção, o Programa Escola Segura e o Programa Idoso em Segurança.

Foi contactado os centros de convívio que integram o Projeto “Melhor idade” do Município de Óbidos, que prontamente e de forma dedicada, colaboraram na criação material logístico necessário a realização da campanha, como é exemplo a “Caixas de recolha” que estarão nos locais de recolha com um cartaz alusivo ao tema e relação dos produtos aceites.

As “Caixas de recolha” estarão nas Escolas dos Agrupamentos Josefa d’Óbidos – Óbidos, Fernão do Pó – Bombarral e Atouguia da Baleia – Peniche que generosamente se prontificaram a colaborar nesta iniciativa.

Além destes locais, podem ser doados bens junto de outras entidades que gentilmente também se associaram a esta causa, nomeadamente o Município de Óbidos, a União de Freguesias de São Pedro Santa Maria e Sobral da Lagoa, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Óbidos, a Casa do Povo de Óbidos, a Associação Recreativa e Cultural Amigos da Capeleira e Navalha e a Associação Espeleológica de Óbidos.

Vão também ser realizadas diversas atividades ao longo dos mês de Abril, envolvendo os alunos e idosos do concelho de Óbidos, com o intuito de divulgar a campanha e a temática dos maus tratos a crianças e jovens que os colocam em risco.

Esta Campanha decorrerá durante todo o mês de Abril, sendo os bens angariados entregues no início de Maio em três Instituições, “Cruz Vermelha”, “Ajuda de Berço” e a “Aconchego”, Instituições essas intimamente ligadas a este tema e que nos deram conta das suas principais carências, que passamos a enumerar:

Material didático:
· Resmas de Folhas
· Marcadores
· Lápis de Cor
· Entre outros

Produtos de Higiene:
· Champô
· Gel de Banho
· Fraldas
· Cremes hidratantes
· Soro Fisiológico
· Entre outros

Campanha Laço Azul
Produtos a Recolher