Coral Alma Nova, Quinteto Alma e Canto a Vozes em Óbidos

Projeto “5 Municípios. 5 Culturas. 5 Sentidos”

139

Realizam-se em Óbidos, durante este fim de semana, os últimos concertos no âmbito do projeto “5 Municípios. 5 Culturas. 5 Sentidos” que junta os Municípios de Águeda, Idanha-a-Nova, Lousã, Óbidos e São Pedro do Sul.

Assim, nesta sexta-feira, dia 6, pelas 21h30, no Auditório Municipal Casa da Música, atua o Coral Alma Nova. O Grupo Coral e Instrumental Alma Nova, do concelho de Óbidos, participa em vários festivais e encontros de coros por todo o País, iniciou as suas funções no ano de 1982. Tem um reportório que engloba todas as épocas da história da música ocidental e, em particular, na música portuguesa. Destaca-se na divulgação do compositor obidense José Joaquim dos Santos, um dos maiores compositores da segunda metade do século XVIII, em Portugal.

Já no dia 7, sábado, pelas 21h30,no Santuário Senhor Jesus da Pedra, atua o Quinteto Alma composto por cinco jovens músicos naturais do interior de Portugal, cujo percurso académico se realiza e realizou em algumas das melhores instituições portuguesas e europeias. O grupo apresenta-se pela primeira vez, e chega aos Municípios do Projeto 5. Este programa consiste naquela que é talvez a mais importante obra da formação de quinteto com clarinete, a obra magistral da maturidade de Mozart. Para lhe acrescentar variedade, mas também poder significativo, acrescenta-se-lhe a Suite Raiana de Fernando Lapa, raramente ouvida e inspirada em melodias tradicionais da zona raiana portuguesa.

Este é um concerto que incide sobre obras canónicas do repertório, ao lado de repertório português, e que é complementado com uma palestra para formação de públicos pelo musicólogo e investigador Alejandro Reyes Lucero.

Já no domingo, dia 8, pelas 17h00, na Igreja de São Pedro, é a vez do grupo Canto a Vozes subir ao palco. Um grupo feminino de canto a três vozes, uma prática associada à região Centro e a algumas zonas do Norte do País que se encontra em risco de desaparecimento. Surge de um projeto candidatado em 2020 ao Programa Cultural Em Rede – o “Cultura Entre Pontes”, elaborado pelos municípios de Sever do Vouga, Vouzela, Oliveira de Frades e São Pedro do Sul. Dessas 4 comunidades nasceu um só grupo com cerca de 40 mulheres, com idades compreendidas entre os 4 e os 79 anos, que teve a sua primeira atuação no dia 21 de Agosto de 2021.

Os concertos têm entrada livre (por ordem de chegada).

O projeto “5 Municípios. 5 Culturas. 5 Sentidos.”é cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.